sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Fundos de Pensão: Diretor afastado do Postalis apronta e paga seus próprios salários de período não trabalhado


De volta ao cargo por apenas sete dias, o diretor afastado do Postalis (o fundo de pensão dos Correios), Christian Schneider, aproveitou o curto período de volta para garantir o seu.

Foi afastado em outubro pela intervenção da Previc, mas conseguiu uma liminar para retornar em 20 de dezembro.

Como primeiro ato, Schneider determinou o pagamento dos seu salários de outubro a dezembro, período no qual não recebeu por ter sido afastado.

No dia 27 de dezembro, ele foi afastado novamente por outra liminar, que restituiu a intervenção. O Postalis tenta agora, judicialmente, reaver os valores pago.

Fonte: O Globo (05/01/2018)

Um comentário:

  1. A JUSTIÇA BRASILEIRA É UMA VERDADEIRA GANGORRA. QUE PENA...

    ResponderExcluir

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores, mesmo anônimos, e DESTACAMOS que os IPs de origem dos comentários OFENSIVOS ficam disponíveis nos servidores do Google/ Blogger para eventuais demandas judiciais ou policiais".